BIOGRAFIA

PERFIL.jpg

1956- 

  • Funda a primeira banda <rock> portuguesa : “ Os Babys”

 

1960-

  • Funda o grupo de jazz do Orfeon de Coimbra.

 

1968-

  • Com o Quarteto 1111 inicia uma nova era para a música Portuguesa gravando  “ A Lenda de El-rei D. Sebastião”, até hoje a música mais premiada em Portugal ( Com dois prémios Pouzal Domingos )

 

1969-

  • Grava a solo os temas “Lisboa” e “Camarada” proibidos logo de seguida pela censura do antigo regime.

 

1969/1973-

  • Lidera com o “Quarteto 1111” a inovação e o vanguardismo da música portuguesa escrevendo entre outras 28 canções censuradas o que constitui número máximo de qualquer cantor e compositor

 

1973-

  • Grava em Londres para a Decca com os “Green Windows, produzido por Dick Row um grande êxito nacional ;”20  anos”

 

1975-

  • Ganha o prémio Yamaha em Tóquio no Búdokan, à frente de muitos nomes grandes e de nível mundial com o tema “ Yesterday, today and tomorrow”;

1977

  • Fundou o grupo Cid, Scarpa, Carrapa & Nabo, com Guilherme Inês, José Moz Carrapa e Zé Nabo, com o qual gravou o tema Mosca superstar e o EP Vida (Sons do Quotidiano), em 1977.

  • Lançou o álbum 10.000 anos depois entre Vénus e Marte [6], um marco na história do rock progressivo, que viria a obter mais tarde reconhecimento a nível internacional, sendo incluído numa lista de 100 melhores álbuns de rock progressivo do mundo, organizada pela revista americana Billboard .

  •  “10 mil anos depois entre Vénus e Marte” é reeditado em 1994 em Los Angeles, pela editora “ Art Sublime” de David Overstreet, o álbum que é considerado nos Estados Unidos como obra prima do rock sinfónico mundial nomeadamente e em 2015, a Sputnick Music Magazine UK (especializada em rock progressivo), coloca este álbum nos melhores álbuns de sempre do Rock Sinfónico.

1980

  • Vence o Festival RTP da Canção com a música "Um grande, grande amor"  tendo ficado entre 19 concorrentes, em sétimo lugar no Festival de Eurovisão desse mesmo ano .  

 

1981-

  • Canta na Venezuela com grande sucesso o tema “Na cabana junto a praia” considerada por muitos a mais bela balada de amor escrita em Portugal;

 

  • Grava em Los Angeles para a editora “Family” o tema “Spring time of my life”  produzido por Mike Gold que anteriormente produzira Frank;

 

1982/1984-

  • Lança dois álbuns editados em Inglês na Austrália (onde atinge o top2) e na África do Sul com considerável êxito;

 

1997-

  • Grava “ Fados de Sempre” que atinge Platina e surpreende pela alma fadista inesperada;

 

1984-/1994 –

  • Inúmeras digressões internacionais  com grande êxito contracenando com os Man at Work, Amália Rodrigues, Xutos & Pontapés, Julio Iglesias, Watter Boys, Rodger Watson, etc;

 

 

1988/1990-

  • Nomeado o cantor português do ano pela comunidade  Portuguesa no Brasil, tendo dado um concerto no <Scala> do Rio de Janeiro;

  • Nomeado  para os “sete de Ouro” com o álbum “Fado de Sempre” e a grande balada  “Cai neve em N. Y.”;
     

1994-

  • Assina com a BMG três álbuns de baladas, voltando a trabalhar com Tozé Brito, e o seu álbum “Vendedor de Sonhos” é considerado um dos melhores álbuns da música  Portuguesa de 94 pela critica mais exigente.

 

1995-

  • Álbum “ Pelos direitos Humanos”  na íntegra pela causa de Timor-Leste – Associação 12 de Novembro- e recebe Fax e Carta do Prémio Nobel da Paz Dr. Ramos Horta, hoje cunhado e grande amigo  que na altura  agradeceu o gesto.

 

1997-

  • Produz o álbum “ Cais do Sodré” na área de Jazzística e que surpreende mais uma vez

 

1998-

  • “Oda a Garcia Lorca” editado no mercado espanhol na comemoração do Centenário do nascimento de Lorca, de quem é grande admirador

  • Efetua concertos em Vigo, Salamanca, Granada e Expo 98 (anfiteatro da Doca) incluindo sempre poemas de Lorca nos seus concerto;

 

1999-

  • “Entre Margens” com poemas de Lorca, Camões, Pessoa, Natália Correia, David Mourão Ferreira, Rosalia de Castro, Neruda (entre outros)

 

2001-

  • Álbum “De Surpresa” – Com a participação de Vitorino, Paulo de Carvalho, Carlos Moisés (Q. do Bill) e Waldemar Bastos onde se destaca  tema “It’s snowing in N.Y”. Agora em versão inglesa

  • Edita o seu livro “Poesia de sempre” onde reúne grande parte da sua obra poética. O Livro esgotou-se.

  • Está em plena preparação um novo livro de poemas

 

2004-

  • Com o advento da net, é descoberto pelas novas gerações com os seus divertidos e renovados   “ Como o Macaco gosta de banana” e “Favas com chouriço” ,

  • Assíduos nos concertos Universitários de norte a sul do Pais, passando a ser chamado pelas novas gerações de “Tio Zé”

 

2007-

  • Assina com a editora “Farol”, atingindo disco de platina  com:

  •  os álbum “ Baladas da minha vida” e

  • “Quem tem medo de baladas” e um genérico para a novela “Meu Amor” da TVI – Primeiro Gramy  em N,Y.

De 2010 a 2015-

  • Esgota todos os concertos feitos  no mítico recinto no Campo Pequeno;

  • DVD “Ao vivo no Campo Pequeno”– Dupla platina que reflecte o grande concerto ao vivo que é e que se prolonga até hoje abrangendo todas as gerações;

 

2015-

  • Edita “ Menino Prodígio”, álbum bem rockeiro, já no seu próprio label “aCid Records” e que é nomeado Prémio Pedro Osório, pela SPA como o melhor álbum do ano

 

2017-

  • Edita em Junho o álbum de homenagem a Sargent Peppers onde inclui um tema escrito de parceria com Tozé Brito “The Fab 4”- álbum editado em Vinyl e Pen.

 

2018-

  • Ganha o “Globo de Ouro” dos globos de ouro de 2018- Prémio de Carreira promovido pela Televisão SIC

 

  • Faz uma incrível digressão nacional com concertos de 2:30 horas em eventos  nacionais, alguns com mais de 50 mil espectadores rendidos à sua capacidade vocal, humildade e entrega;

 

2019-

  • Edita o novo álbum agora de World Music com originais de nome “Fados, Fandangos, Malhões e... uma valsinha”

 

  • Palmarés - -

 

  • 25 discos de prata,

  • 8 albuns de ouro (dois duplos);

  • três álbuns de platina

  • inúmeros prémios de prestigio no estrangeiro e Portugal:

  • designadamente dois prémios de “Pousal Domingos”; apoia a Fundação Natália Correia;

  • Membro Honorário da SPA( Sociedade Portuguesa de Autores” da qual recebe pela primeira vez o premio de Consagração de Carreira.

  • Globo de Ouro dos Globos de Ouro promovido pela Rede de Televisão SIC

  • Gramy Latino – Por Excelencia Musical – atribuido pela “The Latin Recording Academy “

 

Vida  pessoal

 

  • Nasceu na Chamusca, no Ribatejo no dia 4 de Fevereiro de 1942

 

  • É casado com  Gabriela Carrascalão Cid, a jornalista e pintora Luso-timorense ( Ex jornalista e Productora Executiva na SBS Australia) ,

 

  • Tem uma filha, Ana Sofia Cid, ( do seu primeiro casalmento)

 

  • Vive em Mogofores, alternando temporadas entre o norte e a sua Chamusca natal.

 

  • Ocupa os seus tempos livres, em grande parte, com hipismo, desporto ao qual se dedica desde muito jovem e onde foi várias vezes premiado, até mesmo recentemente, na categoria de veteranos.

 

  •  No inverno, quando não está em concertos profissionais, José Cid promove concertos solitários  para ajudar bombeiros em todo o país.